Navegar para Cima
Logon
Skip Navigation LinksRodobens > Rodobens > Releases > Banco Rodobens oferece plano para financiamento de obras
Atendimento
Releases Rodobens
Banco Rodobens oferece plano para financiamento de obras
 
Destinado a construtoras, modelo é alternativa para o alto custo dos materiais e da mão de obra do setor
 
Apesar de o Índice Nacional de Custo da Construção – Mercado (INCC-M) ter registrado alta de 0,44% em fevereiro, de acordo com levantamento divulgado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), alternativas disponíveis às incorporadoras e empresas do setor estimulam o aquecimento do mercado.
É o caso do Plano Empresário, produto do Banco Rodobens, criado em 2013, que oferece uma linha de crédito para o financiamento de parte da obra de pequenas e médias construtoras.
Por esse modelo, as empresas do setor pagam somente os juros cobrados pelo financiamento durante o processo de construção e quitam o valor principal da dívida após a conclusão da obra, já durante a fase de venda das unidades. O prazo determinado pelo Banco Rodobens para a quitação é de seis meses após a liberação da última parcela do financiamento, e as taxas de juros podem variar de acordo com o prazo da obra, o valor e o tipo do empreendimento, entre outros fatores.
“Com o Plano Empresário, as incorporadoras reduzem a necessidade do capital próprio e dos recursos das vendas, podendo acelerar a velocidade da construção devido à garantia de um financiamento com liberações de recursos mensais e programadas”, explica Flavio Fortes, gestor responsável pelo Plano Empresário no Banco Rodobens.
Além da entrega com mais agilidade, a possibilidade de preservar capital próprio durante o processo da obra é outra vantagem oferecida pelo plano. Reservando esses recursos, as incorporadoras podem investir em terrenos para futuros empreendimentos, o que lhes possibilita ter foco e planejamento na rotatividade de projetos.
O financiamento oferecido pelo Banco Rodobens também permite que as empresas melhorem seu desempenho de vendas, uma vez que os compradores têm mais segurança e são mais atraídos para fechar o negócio com um contrato que envolve um agente financeiro financiando e fiscalizando a obra.
Para adesão ao Plano Empresário, as construtoras passam por um processo de avaliação que envolve quatro etapas: pré-análise da operação, análise cadastral e de crédito, estudo de viabilidade e análise jurídica. De acordo com
Flavio Fortes, a contratação pode ocorrer em até 30 dias.
Ainda segundo o executivo, há perspectiva de aumento das vendas deste produto pelo Banco Rodobens. O desempenho deverá ser puxado principalmente pela recuperação do mercado imobiliário, especialmente nas capitais de todo o país. Esse cenário é confirmado pelo
Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP), que prevê um crescimento do setor de 2,8% em 2014.
 
CDN Comunicação Corporativa
Pedro Orlandi - (11) 3643-2745 –
Amanda Sartori – (11) 3643-2984 –
Eric Paraense – (11) 3643-2811 –
Empresas Rodobens | 2016 | Todos os direitos reservados