Como podemos ajudar?

Imagem de uma curva côncava

O consórcio é uma modalidade de compra em que um grupo de pessoas se reúne por meio de uma administradora, com o objetivo de realizar o sonho de comprar um bem ou serviço, de maneira planejada. Esse grupo tem um prazo de duração e número de cotas previamente determinados, determinados pela administradora de consórcio. O grupo pode ter como referência um bem móvel, imóvel ou serviço. Todos os grupos da administradora são independentes e os recursos de um grupo não podem ser transferidos para outro, nem se confundem com o patrimônio das administradoras. fonte : Banco Central do BrasilO consórcio é uma modalidade de compra em que um grupo de pessoas se reúne por meio de uma administradora, com o objetivo de realizar o sonho de comprar um bem ou serviço, de maneira planejada. Esse grupo tem um prazo de duração e número de cotas previamente determinados, determinados pela administradora de consórcio. O grupo pode ter como referência um bem móvel, imóvel ou serviço. Todos os grupos da administradora são independentes e os recursos de um grupo não podem ser transferidos para outro, nem se confundem com o patrimônio das administradoras. fonte : Banco Central do Brasil

A Rodobens Consórcio faz parte das Empresas Rodobens, um dos maiores grupos privados do país, sinônimo de solidez no Brasil há mais de 65 anos. A Rodobens Consórcio possui experiência e expertise na administração de grupos de consórcio de caminhões, ônibus, imóveis, automóveis, automóveis seminovos, motos e serviços.

Com o consócio você faz uma compra planejada, não paga juros e na hora de adquirir o bem ou serviço você pode conseguir melhores vantagens durante a negociação, pois, o pagamento será realizado à vista para o fornecedor, e você continua pagando apenas suas parcelas restantes.

Não, atualmente não existe taxa de adesão. Contudo, quando você entra em um grupo de consórcio, a administradora poderá cobrar além da primeira mensalidade ou prestação, antecipação de recursos relativos à taxa de administração, visando à cobertura de despesas imediatas vinculadas à venda de cotas do grupo e remuneração de representantes e corretores, devendo tais valores serem deduzidos do valor total da taxa de administração durante o prazo de duração do grupo. Tudo isso deve estar previsto no contrato de adesão. Fonte: Banco Central do Brasil

Adicional ao valor contratado, você também realiza o pagamento da taxa de administração. Além disso, a depender do seu grupo de consórcio, você também poderá fazer o pagamento do fundo de reserva e do seguro prestamista. Todas essas taxas adicionais vão estar diluídas nas suas parcelas mensais.

  • A taxa de administração corresponde ao valor pago às administradoras de consórcio pela gestão e administração do grupo. O percentual da taxa de administração deve estar definido no contrato de adesão.
  • O fundo de reserva é destinado a proteger o funcionamento do grupo cobrindo eventuais inadimplências e caso não seja utilizado durante a duração do grupo, esse valor é revertido como saldo remanescente do grupo.
  • O seguro prestamista é um serviço adicional ao consórcio em que você garante o pagamento do seu consórcio em casos de morte ou invalidez do consorciado.

Não. Você precisa apenas realizar o pagamento da primeira parcela para ser alocado no seu grupo e cota​.

Ao adquirir um consórcio, você passa a fazer parte de um grupo de pessoas que possuem interesse em adquirir o mesmo bem ou serviço que você. Todo mês, os integrantes desse grupo pagam suas parcelas e o valor é convertido em um fundo comum que é utilizado para realizar o pagamento das cartas de crédito contempladas. Para formar um grupo, é preciso que o número de participantes seja múltiplo do número de meses previsto para a duração do plano, e assim é definido o número de contemplações. Por exemplo: em um grupo de 60 meses, com 360 participantes, o número previsto de contemplações mensais, por sorteio e lances, serão de 6 (seis) unidades, sempre de acordo com a disponibilidade financeira do grupo.

Considera-se constituído o grupo de consórcio com a realização da primeira assembleia, que será designada pela administradora de consórcio quando houver adesões em número e condições suficientes para assegurar a viabilidade econômico-financeira do empreendimento. Se a administradora não aprovar a constituição do grupo até noventa dias depois de sua adesão, deverá devolver ao consorciado, integralmente, todos os valores pagos, acrescidos dos rendimentos líquidos provenientes de sua aplicação financeira. Fonte: Banco Central do Brasil

Quando você completa o processo de aquisição e assina o contrato, nosso sistema coloca você no grupo adequado e gera um número de cota. Este número é o seu número de identificação no grupo, exclusivo para você, e é com ele que você participa dos realizados nas assembleias.

​​​​É uma taxa cobrada mensalmente que cobre os custos de administração do consórcio (realização das assembleias, controle dos grupos, emissão dos boletos bancários, sistemas etc.). O percentual varia de acordo com a modalidade de consórcio e não é devolvida em caso de desistência.

Evento mensal onde são apurados os contemplados por lance e onde é feito o sorteio da pedra-chave que indicará os demais contemplados do mês por sorteio.

Quando seu número de cota é sorteado durante a assembleia ou pela Loteria Federal, você é contemplado! Por meio de um globo transparente, é sorteada a pedra-chave com o número que indica a cota contemplada. Se a cota já estiver sido contemplada ou estiver cancelada ou inadimplente, valerá a cota de número imediatamente superior.

  • Assembleias: As assembleias acontecem até o quarto dia após o vencimento da parcela, de acordo com o calendário pré-determinado no demonstrativo mensal que você recebe junto com o boleto de cobrança. Nele você encontrará datas, horários e local das assembleias. Os sorteios são transmitidos ao vivo pela TV Rodolink (TV Corporativa das Empresas Rodobens).
  • Sorteios: Os sorteios são feitos através de bolas numeradas. A bola sorteada é chamada "pedra-chave" e contempla os consorciados por sorteio de todos os grupos de um mesmo número de meses. Se, em um grupo, o número da pedra-chave sorteada for de uma cota que já tenha sido contemplada anteriormente, ou que não esteja em dia com os pagamentos, será considerada selecionada a cota de número imediatamente posterior e assim sucessivamente, até que seja identificada a cota vencedora. Quando atingir o último número do Grupo, a sequência numérica seguinte será a pedra 01. Exemplo: se, num plano de 60 meses, com 360 participantes, for sorteada a pedra-chave número 04 e, num determinado grupo a cota correspondente tiver algum impedimento, a cota contemplada será a de número 05. Resultados Os resultados das cotas contempladas, tanto por sorteio quanto por lance, estarão disponíveis no site da Rodobens (www.rodobens.com.br/canais-de-atendimento), logo após a realização das assembleias.

É o nome dado a bola sorteada no dia da assembleia.

15. O que é a Contemplação?

A contemplação é o momento em que você recebe a aprovação para retirada da sua carta de crédito contratada. Nesse momento você escolhe o bem ou serviço que deseja adquirir, de acordo com o tipo de cota que comprou, e a Administradora faz o pagamento.

A contemplação pode ocorrer por sorteio ou lance. Logo que o grupo se inicia, há a primeira assembleia e o primeiro sorteio! Depois disso, os sorteios ocorrem todos os meses por meio da Loteria Federal na primeira extração de cada mês.

A quitação não gera contemplação automática, pois ela ocorrerá exclusivamente por sorteio ou lance. Caso você queira quitar a sua cota poderá ofertar um lance máximo com possibilidade de contemplação e quitação da cota.

É a forma que o consorciado tem de antecipar sua contemplação. Ou seja, o consorciado oferta um adiantamento de parcelas e aquele que ofertar o maior valor daquele mês e contemplado.

Você deve efetuar o lance sempre em número de parcelas de, no mínimo 10% do seu saldo devedor e no máximo, 100% do número de parcelas faltantes para o término do seu grupo. Caso o lance vencedor pertença a uma cota que tenha sido sorteada na mesma assembleia ou não esteja habilitada a participar (com mensalidades em atraso), será pesquisado o segundo maior lance do grupo e assim sucessivamente.

Você pode ofertar seus lances por meio da área do cliente Rodobens. Você pode ofertar seu lance com até 5 minutos antes do início da assembleia. Em caso de empate entre dois ou mais lances em um mesmo grupo, o lance vencedor será aquele cujo número da cota for igual ou superior, na sequência numérica da pedra-chave considerada na contemplação por sorteio.

A parte da mensalidade referente ao valor da carta de crédito, ou seja, sem os valores de taxa de administração e/ou fundo de reserva é colocado no fundo comum que se destina ao pagamento dos bens dos contemplados de cada mês.

Sim. Caso você tenha essa necessidade durante o andamento do seu grupo, é possível realizar a troca do valor da carta de crédito respeitando a faixa de crédito do seu grupo. Porém, não é possível escolher um outro produto.

Exemplo: É possível trocar uma moto por outra (mais cara ou mais barata), mas não é possível trocar de uma moto para um serviço.

Você pode optar por adquirir um seguro prestamista no momento da contratação, para ficar coberto por qualquer imprevisto. Caso algo aconteça com o consorciado, o seguro garante a quitação das parcelas pendentes com a administradora, evitando qualquer dor de cabeça para a família. Para maiores informações, consulte as regras e valores durante a contratação.

O seguro prestamista é um seguro de vida em grupo, que assegura a tranquilidade da família e do grupo, no caso de sinistro do consorciado. Desta forma, caso ocorra algo ao segurado que esteja dentro dos critérios de cobertura, a cota será quitada. A cobertura se dará para os casos de morte natural ou acidental, invalidez permanente e total, por acidente, tendo como objetivo a liquidação/amortização do débito da operação de consórcio. Importante: nesta modalidade não há cobertura para desemprego mediante análise da seguradora.

Você pode antecipar o pagamento das suas prestações, quitando sempre a partir das últimas parcelas (em ordem inversa). Exemplo: a antecipação de duas parcelas num grupo de 60 meses é feita com a quitação das parcelas de número 60 e 59. Sendo pagas de acordo com o valor vigente na assembleia em que foi feita a antecipação, essas prestações não serão mais reajustadas. Para dúvidas entre em contato com a Central de Relacionamento da Rodobens Consórcio pelo número: 0800-701 0212.

Sim, conforme as regras a seguir.

A utilização do FGTS é autorizada pela Caixa Econômica Federal para pagamento de lance em consórcio de imóveis, bem como para complementação do valor do crédito, desde que observadas as condições abaixo (conforme circular 249 da CEF):

  • utilização exclusiva para aquisição de imóvel residencial, urbano, concluído, para moradia própria do trabalhador;
  • o trabalhador deve ter, no mínimo 3 anos de trabalho sob o regime do FGTS (consecutivos ou não);
  • o trabalhador não seja proprietário ou promitente de outro imóvel residencial concluído ou em construção, na mesma localidade onde pretende adquirir, no atual município de residência ou no município onde exerce sua ocupação principal, incluindo seus limites integrantes da mesma Região Metropolitana.

Os detalhes do procedimento serão fornecidos por nossa filial no momento da contemplação.

No consórcio você pode ser contemplado de várias formas, o importante é se planejar. Caso você tenha um prazo para a realização do seu objetivo é legal pensar em como você pode se programar para chegar lá e em quanto tempo, assim você consegue dar um lance e antecipar seu crédito ou ter sorte durante esse período. A contemplação de cada consorciado dependerá da seleção de sua cota nas assembleias mensais, que poderá ocorrer desde a primeira assembleia até a última. A realização dos sorteios ocorre igualmente entre todos os participantes do grupo.

Não há prazo para a aquisição do bem após a contemplação. Mas, uma vez contemplado, o valor correspondente ao crédito será apartado dos recursos do fundo comum do grupo e receberá os rendimentos da aplicação financeira até o momento da sua utilização. Se houver aumento do preço do bem/serviço durante esse período e esses recursos forem insuficientes para a sua aquisição, o contemplado terá que arcar com a diferença, caso opte ainda pelo bem/serviço referenciado em seu contrato. Fonte: Banco Central do Brasil

Assim que você é contemplado, por sorteio ou por lance, nossa equipe de especialistas te pedirá alguns documentos pessoais, alguns dados e documentos sobre o bem que deseja adquirir. Você também passará por uma análise de crédito, que é uma prática das administradoras, para garantir saúde financeira do grupo e que você e todos os membros sejam contemplados. Depois de liberado o crédito, é só você realizar a compra do seu bem.

A finalidade do consórcio é a aquisição de bens, conjunto de bens, serviços ou conjunto de serviços. No entanto, é possível receber o valor do crédito em espécie, mediante quitação de suas obrigações para com o grupo, caso ainda não tenha utilizado o respectivo crédito decorrido 180 dias da contemplação. Além disso, dentro de sessenta dias, contados da data da realização da última assembleia de contemplação do grupo de consórcio, a administradora deve comunicar aos consorciados que não tenham utilizado os respectivos créditos, por meio de carta com Aviso de Recebimento, telegrama ou correspondência eletrônica, que os valores estão à disposição para recebimento em espécie. Fonte: Banco Central do Brasil

Quando contemplado, você poderá adquirir, em fornecedor, vendedor ou prestador de serviço que melhor lhe convier:

  • veículo automotor, aeronave, embarcação, máquinas e equipamentos, se o contrato estiver referenciado em qualquer bem mencionado nesta alínea;
  • qualquer bem móvel ou conjunto de bens móveis, novos, excetuados os referidos na alínea anterior, se o contrato estiver referenciado em bem móvel ou conjunto de bens móveis não mencionados naquela alínea;
  • qualquer bem imóvel, construído ou na planta, inclusive terreno, ou ainda optar por construção ou reforma, desde que em município em que a administradora opere ou, se autorizado pela administradora, em município diverso, se o contrato estiver referenciado em bem imóvel;
  • serviço, se o contrato estiver referenciado em serviço.
Assim, você poderá comprar qualquer bem que esteja no mesmo segmento definido no seu contrato, no fornecedor que você escolher. Por isso, é possível um consorciado de um grupo de motocicletas comprar um automóvel com seu crédito. A administradora não pode obrigá-lo a comprar o bem escolhido por você em uma revenda indicada por ela. A escolha é sua. A administradora só pode transferir recursos a terceiros após ter sido comunicada pelo consorciado de sua opção. O contrato de grupo para a aquisição de bem imóvel poderá estabelecer a aquisição de imóvel em empreendimento imobiliário. Além disso, o consorciado contemplado pode realizar a quitação total de financiamento, de sua titularidade, nas condições previstas no contrato, de bens e serviços possíveis de serem adquiridos por meio do crédito obtido. Fonte: Banco Central do Brasil

Devido a questões econômicas que não estão dentro do nosso controle, o bem ou serviço que você quer adquirir pode ter um reajuste ou oscilação de preço. Para garantir que ao ser contemplado você retire exatamente o bem que planejou, fazemos reajustes no valor da carta de crédito de acordo com essa mudança e isso resulta reajuste nas suas parcelas. Isso não é algo que acontece com frequência, mas sempre te avisaremos sobre essas mudanças para que possa se planejar!

Quando ocorrer a liberação da carta de crédito, você poderá utilizar até 10% do valor total para adquirir acessórios ou incrementos no bem ou pagar seguro e documentação. Caso não queira nenhuma dessas opções, o valor da diferença pode ser abatido do saldo devedor, ou ainda ser retirado em espécie após a quitação da cota. Respeitando as regras de retirada. Para adquirir um bem de maior valor, você ficará responsável pelo pagamento da diferença de preço. Caso você decida adquirir bem, conjunto de bens, serviço ou conjunto de serviços com preço inferior ao valor do respectivo crédito, a diferença deve ser utilizada, a seu critério, para:

  • pagamento de obrigações financeiras, vinculadas ao bem ou serviço, observado o limite total de 10% do valor do crédito objeto da contemplação, relativamente às despesas com transferência de propriedade, tributos, registros cartoriais, instituições de registro e seguros;
  • quitação das prestações vincendas na forma estabelecida no contrato;
  • devolução do crédito em espécie ao consorciado quando suas obrigações financeiras para com o grupo estiverem integralmente quitadas.

Fonte: Banco Central do Brasil

Sim! Se o plano tem um valor máximo que ainda não atende ao bem que você quer adquirir, você pode contratar mais de uma cota para realizar a sua compra.

Sim, a legislação atual permite a quitação total de financiamento com o crédito recebido na contemplação, conforme indicado na resposta nº 18. Contudo, para grupos formados até 5.2.2009 e que não tenham aderido à nova regulamentação, não é permitido tal procedimento. Fonte: Banco Central do Brasil

Sim! Você pode realizar a venda da sua cota a qualquer momento. Você e o seu comprador podem ficar tranquilos, uma vez que a Administradora coordena toda o processo, documentos e trâmites burocráticos.

Sim! Você pode transferir a sua cota para outras pessoas, desde que esteja com as prestações em dia e tenha a expressa autorização da Rodobens Consórcio.

Empresa autorizada pelo Banco Central a formar e administrar recursos de grupos de consórcios para a aquisição de bens ou serviços.

Sim! Essa é uma atribuição do Banco Central do Brasil, conforme disposto na Lei 11.795, de 2008. Fonte: Banco Central do Brasil

Não! Somente as administradoras de consórcio, empresas prestadoras de serviços responsáveis pela formação e administração de grupos de consórcios. Há uma série de exigências que as empresas têm que cumprir para poder operar no mercado. Essas exigências podem ser consultadas em nossa página, seguindo: Sistema Financeiro Nacional > Organização do Sistema Financeiro > Manual de Organização do Sistema Financeiro – Sisorf > Acesso ao Sisorf, no título 6 - Administradoras de Consórcio. fonte: Banco Central do Brasil

As garantias iniciais em favor do grupo devem recair sobre o bem adquirido por meio do consórcio. No caso de consórcio de bem imóvel, é facultado à administradora aceitar em garantia outro imóvel de valor suficiente para assegurar o cumprimento das obrigações pecuniárias do contemplado em relação ao grupo. Além disso, admitem-se garantias reais ou pessoais, sem vinculação ao bem referenciado, no caso de consórcio de serviço de qualquer natureza, ou quando, na data de utilização do crédito, o bem estiver sob produção, incorporação ou situação análoga. A administradora pode exigir garantias complementares proporcionais ao valor das prestações vincendas. Fonte: Banco Central do Brasil

O consórcio é regulamentado pelo Banco Central do Brasil.

A relação completa das administradoras de consórcio autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil está disponível em nosso site, seguindo: "Sistema Financeiro Nacional>Informações cadastrais e contábeis>Informações cadastrais>Relação de instituições em funcionamento no país (transferência de arquivos)". Para informações sobre administradoras sem grupos em andamento, consulte a nossa Central de Atendimento ao Público. Fonte: Banco Central do Brasil

Sim! É recomendável ligar também para os órgãos de defesa do consumidor de sua região para ver se há reclamações contra a empresa. Além disso, é muito importante ler cuidadosamente seu contrato de adesão antes de assiná-lo e efetuar qualquer pagamento. Não efetue pagamentos em dinheiro. Os pagamentos devem ser feitos em cheques não à ordem e nominativos à administradora de consórcios, ou de outra forma que lhe permita comprovar o pagamento realizado. Fonte: Banco Central do Brasil

Todos os meses, você vai receber um demonstrativo contendo uma descrição completa da sua posição no grupo e informações como: datas das assembleias e vencimentos das mensalidades, além de poder efetuar o pagamento em qualquer agência bancária até a data do vencimento.

Você pode solicitar a 2ª via de boleto através do aplicativo, no menu, 2ª via do boleto. Lá você poderá pagar seu boleto no vencimento, antecipar parcelas ou pagar boletos atrasados. Você também poderá acessar a área do cliente ou solicitar através do e-mail atendimento@rodobens.com.br

Ao adquirir sua cota da Rodobens Consórcio com a proteção do Seguro Prestamista, independente do plano, você ganha mais um diferencial exclusivo: o PRÊMIO PONTUALIDADE SEGURO, promoção da Rodobens Corretora de Seguros e sua Seguradora. A partir da 2ª assembleia de sua participação, você já concorrerá, toda semana, a um prêmio de R$ 31.384,00 (caminhões, imóveis, automóveis, auto seminovos e serviços) e de R$ 10.000,00 (motos), em dinheiro. Os prêmios semanais serão apurados pelos sorteios da Loteria Federal todos os sábados, para que você possa conferir o resultado.

Pode sim! Na compra da cota você deverá informar um endereço de correspondência no Brasil e nomear um representante legal para representá-lo, quando necessário, perante o consórcio, sendo que o acompanhamento do plano poderá ser feito através de nosso site ou através de um representante autorizado Rodobens.

Precisando de ajuda?

Selecione um dos nossos canais de atendimento abaixo:

Vendas Consórcio
Vendas Corretora de Seguros
Atendimento Clientes